Bem-vindos ao Festival Internacional de Marionetas do Porto 2018!

Igor Gandra · Director Artístico

 

O FIMP traz-nos nesta edição uma seleção de propostas que não deverá deixar ninguém indiferente. Das últimas criações das companhias da cidade até algumas das experiências mais estimulantes no panorama nacional e internacional, são muitas e boas as razões para acompanhar o programa deste festival que a nossa cidade escolheu não perder.

Quatro duos a três, vários solos em boa companhia e mais uns quantos agrupamentos singulares. As propostas do FIMP para este ano podiam ser assim apresentadas, tendo em conta a diversidade de escalas, de formatos e de modos de estar com o público. As apresentações decorrerão nos espaços dos parceiros, Teatro Municipal do Porto e Teatro Nacional de São João, assim como numa grande variedade de contextos por toda a cidade.

O programa é atravessado por algumas linhas temáticas, fruto das inquietações dos artistas presentes e que nos podem ajudar a desenhar um percurso. A passagem do tempo e os seus efeitos na nossa vida coletiva, o destino da humanidade e das suas invenções técnicas, são alguns dos traços visíveis no conjunto. O caso é sério, ainda que capaz de nos fazer sorrir. A marioneta, as formas animadas, o teatro visual, a performance com objetos e a música experimental estão à altura da tarefa.

O FIMP é também o lugar para conhecer alguns dos mais jovens artistas que dão primeiros e importantes passos nestas linguagens, bem como para a formação: a nossa já tradicional rubrica WIP- WOP dá corpo a este espaço de descoberta.

Apresentamos também o projeto vencedor da terceira edição da Bolsa de Criação Isabel Alves Costa, uma iniciativa conjunta deste Festival, do Teatro Municipal do Porto e das Comédias do Minho.

Daremos nesta edição continuidade ao programa de acessibilidades, em que fomos um festival pioneiro no nosso país, tornando assim o FIMP ainda mais abrangente.

Este ano é marcado pela exclusão da Direção-Geral das Artes da lista dos apoios ao FIMP - num concurso controverso realizado no quadro de um novo modelo de apoio às artes que entretanto já está em revisão...

A edição de 2018 acontece graças ao reforço extraordinário do financiamento da Câmara Municipal do Porto que prontamente decidiu que o Festival Internacional de Marionetas do Porto deve continuar a missão que desempenha nesta cidade desde 1989. Queremos, em nome da equipa que concretiza este festival, deixar aqui, ao Presidente da Câmara e a todos os que tornaram possível esta solução, claramente expresso o nosso sincero agradecimento.

Então, vêmo-nos no FIMP?

 

financiamento
parceiros
parceiros
apoios
apoio à divulgação