Quem sou eu?

Teatro de Marionetas do Porto · PT

Estreia Absoluta

19 Out · 21h

Campo Alegre · Auditório

50' · M12

Conceito e encenação Isabel Barros

Música Jorge Queijo

Desenho de luz Filipe Azevedo

Marionetas João Pedro Trindade

Assistente de encenação Rui Queiroz de Matos

Figurinos Isabel Barros

Confeção de figurinos (marionetas) Cláudia Ribeiro, Marlene Rodrigues

Intérpretes Albina Sousa, Aurélio Batista, Belmira Silva, Francisco André, Manuel Carneiro da Silva, Maria Adelaide Pinto, Maria da Conceição Peixoto, Maria de Fátima Reis, Maria Emília Amador, Maria Eva Rosa, Maria Hermínia Fernandes, Micaela Soares, Saúl Ferreira Salgado e Vítor Gomes

Produtora Sofia Carvalho

Designer Pedro Ramos

Criado com o apoio da Câmara Municipal do Porto em parceria com Centro Social e Paroquial do Calvário, A Benéfica e Previdente - Associação Mutualista, Obra Diocesana do Porto: Centro Social do Cerco, Centro Social Machado Vaz, Centro Social S. João de Deus

Quem sou eu? é um projeto de criação, que surge da forte motivação para trabalhar com comunidades numa perspetiva de sensibilização artística e de inclusão social.

É um olhar sensível sobre a população tendo como conceito o autorretrato. É uma viagem às memórias à procura do belo que há em cada um.

Através desta criação percorremos as camadas de vida e as marcas do tempo que circula e que no seu movimento contínuo permite uma renovação, tantas vezes despercebida. Neste processo tentamos que os participantes tivessem a oportunidade de se aperceberem dessa magia do tempo, da riqueza que cada um tem em si e assim, juntos celebramos as suas vidas, com tudo de belo e tocante que cada uma contém.
Isabel Barros

 

O Teatro de Marionetas do Porto constitui-se em setembro de 1988, uma data simbólica que coincide com a apresentação da companhia na seleção oficial do Festival Mondial des Théâtres de Marionnettes, em Charleville-Mézières.

A prática teatral da companhia revela uma visão não convencional da marioneta.

A pesquisa vai no sentido de encontrar novas formas de concepção das marionetas, no limite objetos cinéticos, e novas possibilidades de explorar a gramática desta linguagem teatral, no que diz respeito à interpretação e à relação transversal com outras áreas de expressão como a dança, artes plásticas, música e a imagem.

 

Campo Alegre

Rua das Estrelas, Porto

226 063 000

Contactos

Travessa da Formiga nº 65
Espaço 1, Piso 1
4300-207 Porto
(+351) 223 320 419

financiamento
parceiros
parceiros
apoios
apoio à divulgação