No Fimp, música é matéria

Paddy Steer · EN

13 Out · 23h30

Rivoli · Sub-Palco

60' · M12

Parceria Fimp / Matéria Prima

© B. Oliver
© B. Oliver

Com Paddy Steer

Nesta edição teremos entre nós, diretamente de Manchester, Paddy Steer, o extraordinário homem-orquestra aos comandos da sua nave sónica feita em casa.

A performance ritual das personagens que habitam o universo deste artista vai transformar o sub-palco do Rivoli numa verdadeira gruta de prodígios libertários.

A eletrónica customizada, a percussão e a voz processada combinam-se nos concertos de Paddy Steer numa espécie de cerimonial caótico e enérgico, em que o músico, com a sua vasta experiência, nos conduz por territórios selvagens e ao mesmo tempo amigáveis.

 

 

Ao longo da cronologia musical de Manchester, Paddy Steer aparece como o personagem principal de Zelig, o famoso filme de Woddy Allen onde Leonard adapta a sua personalidade à medida que a história se vai desenrolando. O testemunho desta sua musicalidade assenta no facto de ter tocado com tantos músicos, tantos quanto a variedade de estilos exigia, seja como baixista, baterista, guitarrista havaiano, ou todos esses papéis ao mesmo tempo.

Ao rejeitar a noção de "reprodução imaculada", as performances ao vivo de Paddy causam mais ousadia e admiração na fronteira da abstração caótica - expressão e disparidade focalizada, dados rolando morro abaixo atrás do grupo de instrumentos - o punk anarquicamente intrépido gargareja através de um vocoder com o seu xilofone, tudo iluminado em tons de discoteca.

Paddy Steer cria as suas ferramentas, da mesma forma que cria o seu ofício, do zero, do novo, mas sempre a partir da longa experiência acumulada que inclui a direção do numeroso conjunto Homelife. Em grande estilo, ele é único no circuito que o conhece, no qual, de maneira semelhante, é reconhecida a sua inigualável capacidade criativa.

O som de Paddy é uma cremosa redução cozinhada com tempo e construído camada por camada com mestria subtil, riqueza, profundidade e textura vívida, como se fosse um magnífico curry, ou uma espada samurai - lounge, brincadeira, groove profundo e expedição galáctico-caprichosa, invenção eletrónica. Semelhante a jogar e ganhar um jogo de computador feito da realidade, mas para ouvir.

 

Rivoli

Praça D João I, Porto

223 392 201

Contactos

Travessa da Formiga nº 65
Espaço 1, Piso 1
4300-207 Porto
(+351) 223 320 419

financiamento
parceiros
parceiros
apoios
apoio à divulgação