Teatro Dom Roberto

Red Cloud Teatro de Marionetas · PT

19 Out · 10h30*, 15h*
22 Out · 15h*
Junta de Freguesia de Ramalde

20 Out · 16h
Metro do Porto · Estação da Trindade

4' · M3

* Sessões Reservadas a Escolas da Freguesia de Ramalde

© Rui Rodrigues
© Rui Rodrigues
© Alípio Padilha

Bonecreira Sara Henriques

Marionetas Rui Rodrigues

No FIMP há sempre lugar para o património da marioneta popular: nas ruas e nas praças, onde os ajuntamentos acontecem é aí que estas marionetas gostam de aparecer!

Nesta edição convidamos a ver ou rever o nosso Teatro D. Roberto, o elemento português de uma ilustre família europeia de fantoches. Recebemos em edições recentes a visita dos primos Pulcinela, o italiano e do britânico Mr. Punch.

É agora o momento para o regresso ao FIMP do Dom Roberto pelas mãos de Sara Henriques, provavelmente a única mulher roberteirado nosso país.

Enérgico, amoral, violento e divertido, Dom Roberto é altamente contra indicado para todas as idades.

 

É uma das formas de teatro popular de fantoches português que teve o seu crescimento a partir do séc. XVIII através da expansão das companhias itinerantes que se apresentavam nas grandes cidades por toda a Europa.

Este teatro era feito nas ruas, praias, romarias e feiras, apenas por um bonecreiro solitário com a sua barraca, fantoches e palheta; objeto que quando colocado no palato amplifica todos os sons emitidos por ele, acentuando o jogo de dinâmicas de manipulação acelerada e ritmada que desde há duzentos anos paira no cume da Barraca do Dom Roberto, com pequenos ou grandes truques, dependendo do "Bonecreiro" e das peças por ele representadas.

O Teatro Dom Roberto está para Portugal assim como o Punch and Judy está para Inglaterra, o Guinhol está para França e Polichinello está para Itália.

Hoje em dia o Teatro Dom Roberto é uma relíquia da cultura popular portuguesa e a Red Cloud TM, tem como uma das suas missões a preservação e divulgação deste género artístico, como tal, tem-se apresentado regularmente em contexto nacional e internacional e implementado vários projetos nesse âmbito, onde se destaca o projeto ID: Memória Itinerante que decorreu ao longo de 2017, com a realização de oficinas de construção e manipulação de Robertos, assim como, a apresentação dos espetáculos no interior do país e em meios rurais.

Tendo, esta relíquia, estado perto de extinção em 1980, João Paulo Seara Cardoso (1956-2010), encenador, ator e marionetista, recupera-a e proporciona o surgimento de uma nova geração de bonecreiros que se revela cada vez maior.

O reportório que apresentamos foi recuperado por Sara Henriques a partir dos registos vídeo do Teatro Dom Roberto de João Paulo Seara Cardoso.

 

A Red Cloud Teatro de Marionetas é uma companhia portuguesa sediada em Aveiro. Apresenta-se a crianças e adultos através de espetáculos e workshops, participa em festivais nacionais e internacionais de teatro com marionetas e estabelece parcerias com várias instituições públicas e privadas.

Com base no mote Marionetas em Movimento trabalha em 4 eixos fundamentais:
-Criação e itinerância de espetáculos.
-Investigação e desenvolvimento da sua linguagem em contexto contemporâneo com o foco na experiência cinemática do teatro.
-Preservação e difusão de uma relíquia cultural portuguesa com mais de 200 anos, o Teatro Dom Roberto.
-Sensibilização e formação de públicos não só no âmbito da construção e manipulação de marionetas como também nas diferentes áreas artísticas dentro do contexto teatral em geral.

 

Sara Henriques
Em 2013 codirige os campos artísticos e de produção da companhia Red Cloud Teatro de Marionetas, onde estreou Plip, Menina Que Vendia Fósforos, Lobo Mau e Arabesco. Apresentou-se como marionetista em produções na Royal Opera House em Londres e em Tunbridge Wells Puppetry Festival.

Iniciou a sua carreira profissional e especialização em marionetas em 2003 tendo sido atriz e marionetista residente na companhia Teatro de Marionetas do Porto, onde até 2013 participou em 21 novas produções e cocriações. Em 2012 recuperou o reportório do Teatro Dom Roberto feito até 2010 por João Paulo Seara Cardoso. No seu percurso profissional apresentou o seu trabalho em muitas salas de espetáculos de prestígio nacionais e por importantes festivais internacionais tais como: Cabo Verde (Ilha de S. Vicente), Brasil (Brasília e Rio de Janeiro), Marrocos (Taza), Espanha (Santiago, Vigo, Ciudade Rodrigo, Zaragoza, Ponte Vedra, Madrid), Alemanha (Nuremberg), Inglaterra (Norwich e Londres), Polónia (Bielsko Biala, Torun, Kwidzyn), República Checa (Ostrava), Itália (Torino), Dinamarca, Bélgica (Gent). www.redcloudmarionetas.com

 

Rui Rodrigues
Desde 2013 codirige a companhia Red Cloud Teatro de Marionetas.

Desde o início de carreira que colabora com outros projetos de teatro, dança, artes plásticas e Cinema como freelancer aderecista, cenógrafo, escultor, construtor de marionetas.

2001 - 2012 - Trabalhou como aderecista, construtor de marionetas e diretor técnico na companhia premiada Teatro de Marionetas do Porto sob a direção artística de João Paulo Seara Cardoso. Durante este período colaborou no desenho de luz de várias produções da companhia com o Diretor.

1999 - Começou a trabalhar na companhia profissional "Pé de Vento" como construtor de cenografia e aderecista aprendiz onde trabalhou sob a direção do cenógrafo / diretor de arte, João Calvário (Curso de Design do Hammersmith College of Art and Building de Londres). Frequentou o curso de Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto de 1995 a 1998.

 

Junta de Freguesia de Ramalde

Rua Igreja de Ramalde, 76-92, Porto

226 165 690

Metro do Porto

Estação da Trindade, Porto

225 081 000

Contactos

Travessa da Formiga nº 65
Espaço 1, Piso 1
4300-207 Porto
(+351) 223 320 419

financiamento
parceiros
parceiros
apoios
apoio à divulgação